Epidemiologia

Dificuldade de Aprendizagem - EpidemiologiaNo Reino Unido aproximadamente 20 pessoas em 1.000 têm dificuldades de aprendizagem. Neste grupo, 3 ou 4 por 1.000 têm dificuldades graves e profundas.A razão homem/mulher é de 1,3 para 1. A prevalência das dificuldades de aprendizagem graves geralmente diminui com o avançar da idade, devido à elevada mortalidade nos indivíduos com problemas mais complexos. Porém, actualmente existe uma taxa de sobrevivência mais alta nos doentes com problemas complexos, dando origem a um aumento progressivo do seu número e da procura de serviços.

Um grupo de quatro clínicos gerais poderá ter 80 doentes com dificuldade de aprendizagem e 14 com dificuldades profundas. Crianças com dificuldade de aprendizagem profunda existem em todas as classes sociais, mas os doentes com dificuldades menos acentuadas são frequentemente de estratos sociais mais baixos e vivem em zonas mais desfavorecidas.

Os lares para doentes com dificuldade de aprendizagem podem ser grandes, e um clínico geral que aceite os doentes de um pode ficar com mais 50 destes doentes.